GNV / Injeção Sequencial - 5ª e 6ª Geração

TURY + STAG: Os mais modernos 5ª e 6ª Geração do mundo

Controladores da geração Q STAG da empresa AC S.A.

A geração Q é uma família tecnologicamente avançada de controladores STAG da empresa AC S.A. que abrange os seguintes dispositivos: STAG GO FAST , STAG DPI, QBOX, STAG QNEXT e STAG QMAX. Os controladores da gama geração Q podem alimentar com combustível de gás as unidades motrizes de até 8 cilindros.

A família tecnologicamente avançada de controladores STAG da geração Q abrange no momento 7 controladores. São eles:

  • STAG-4 QBOX BASIC;

  • STAG- GO FAST

  • STAG-4 QBOX PLUS;

  • STAG-4 QNEXT PLUS;

  • STAG- DPI (INJEÇÃO DIRETA)

  • STAG-300 QMAX PLUS;

  • STAG-300 QMAX BASIC.

Novas plataformas

Todos os controladores STAG da geração Q foram criados com base em novas plataformas de hardware profissionais com processadores dedicados para soluções automotivas.

Esses processadores são resistentes a condições desfavoráveis presentes em compartimentos de motor dos carros atuais (por exemplo: temperaturas diferentes em uma escala muito ampla, até superiores a 100°C, ou interferências eletromagnéticas dos sistemas de arranque).

Os controladores STAG da geração Q possuem um processador de 32 bits (4x mais rápido do que o utilizado até agora) que, em conjunto com a memória RAM de 24 kB e a memória flash de 256 kB, aumenta sua capacidade computacional e cria um alto potencial de desenvolvimento.

Funções avançadas

  • A autoadaptação OBD zela para que a composição da mistura de gás e ar seja ótima em quaisquer condições de exploração;

  • O Sistema Inteligente de Autoadaptação ISA3 realiza correções da dose de gás com base no mapa-padrão (recolhido anteriormente) de tempos de injeções de gasolina; a ISA3 reconhece também o modo de trabalho do motor (estado do ciclo) e permite a autoadaptação até no caso da carga plena do motor (leitura do valor da sonda lambda);

  • Cancelador automático de erros elimina as falhas definidas anteriormente sem a necessidade de utilizar dispositivos externos.

As funções acima são oferecidas pelos controladores STAG da geração Q marcados como PLUS, ou seja, STAG-4 QBOX PLUS, STAG-4 QNEXT PLUS (ambos para carros com motores até 4 cilindros), STAG-300 QMAX PLUS (destinado a carros com motores até 8 cilindros) .

Emuladores integrados

Adicionalmente, todos os controladores da família da geração Q da série PLUS foram integrados com emuladores do nível do combustível (FLE), e o QMAX destinado a motores maiores possui também o emulador integrado do sensor da pressão da gasolina (FPE).

A integração com emuladores utilizada em controladores STAG da geração Q, serie PLUS, é uma exigência do mercado que espera soluções infalíveis, fáceis na utilização e acessíveis do ponto de vista do preço.

Para os instaladores, a conexão dos controladores nos carros que exigem a utilização daqueles emuladores é muito mais fácil (não é preciso um dispositivo adicional nem sua fiação). Adicionalmente, as soluções praticadas nos controladores STAG da geração Q permitem uma integração futura com outros dispositivos que no momento existem separadamente.

Ergonomia da instalação

Especialmente tendo em conta os instaladores, os 2 controladores mais populares da geração Q da STAG (STAG-4 QBOX PLUS e STAG-4 QNEXT PLUS) foram diferenciados quanto à localização da conexão. Além disso, são 2 dispositivos idênticos quanto às possibilidades.

A conexão do controlador STAG-4 QBOX PLUS foi posicionada perpendicularmente ao invólucro. No controlador STAG-4 QNEXT PLUS,está localizada paralelamente ao invólucro. Graças a isso podem ser montados em duas posições, o que permite adaptá-los à quantidade de espaço no compartimento do motor e às preferências dos instaladores.

Para os carros mais populares

O tipo básico do controlador STAG da geração Q é o STAG-4 QBOX BASIC,dedicado para carros mais populares com motores de até 4 cilindros, em que nem a comunicação com OBD nem o emulador do nível do combustível FLE sejam necessários.

O controlador mais novo no mercado, o STAG-300 QMAX BASIC,foi dedicado a motores maiores,de 6 e 8 cilindros. Desprovido de funções mais avançadas (como o QBOX BASIC),ficou muito mais acessível economicamente. O controlador STAG-300 QMAX BASIC foi equipado, por sua vez, com a autoadaptação ISA3.

Proteção excelente

Todos os controladores da geração Q STAG têm invólucros de resina de alta qualidade que garantem a resistência às mudanças de temperatura a escala ampla e às vibrações provenientes do motor. Independentemente disso, os controladores STAG da geração Q devem ser montados longe das fontes de calor e protegidos da influência da umidade.

Pesquisas e testes de estrada

A AC S.A. verifica e testa os controladores da geração Q, como todos os outros componentes dos kits gás da STAG, no próprio Centro de Pesquisa e Desenvolvimento.

O centro está dotado de dispositivos adequados que simulam as condições desfavoráveis da utilização e permitem realizar testes que avaliam o comportamento de elementos concretos da instalação no período de vários anos de utilização.

Além do complexo processo de testes em laboratório, todos os componentes dos kits gás da STAG, também os controladores STAG da geração Q, são submetidos a exames de estrada em condições normais de utilização em carros em movimento.

Garantia

Os processos aperfeiçoados de desenho, produção e testes dos controladores STAG da geração Q os tornam praticamente infalíveis. Isso permitiu aplicar um período muito longo da proteção básica por garantia.

Tudo para os usuários

Todas as soluções aplicadas nos controladores STAG da geração Q, uma garantia favorável e realizável, independentemente da realização da instalação em quase 1.100 oficinas espalhadas pelo país, fazem com que um condutor utilizando o kit da STAG possa utilizar sem medo o carro com combustível 2x mais barato. Os controladores STAG da geração Q são testados minuciosamente e verificados nas condições mais extremas, em conjunto com elementos devidamente escolhidos.

INJETORES  STAG AC W1, W02 e STAG AC W03

As construções dos mais novos injetores STAG  AC W01, STAG AC W02 (réguas de 4 seções) e STAG AC W03 (injetor unitário) foram subordenadas à precisão de dosagem de combustível a gás. Como isso foi alcançado? Vejam por si sós.

Os injetores STAG AC W01, STAG AC W02 e STAG AC W03, alcançando o fluxo de 120 L/min. por uma seção à pressão de alimentação 1,2 bar, são capazes de dosificar o GNV para motores com potências de 11 até 31 kW por cilindro. São caracterizados também por tempos curtos de abertura (2 ms) e fechamento (1 ms), o que lhes permite reagir muito rapidamente a mudanças na dosagem de GNV decorrentes de mudanças na carga da unidade motriz.

Adicionalmente, a régua de 4 seções STAG AC W02 está disponível na versão BFC para motores de altas potências. À pressão de alimentação de 1,2 bar, os injetores BFC trabalham com motoresde potências de 23,2 até 42 kW.

Esses parâmetros foram alcançados pela escolha adequada de materiais, o que assegura também a estabilidade dos parâmetros em condições variadas do entorno. Adicionalmente, os elementos internos dos injetores estão cobertos com invólucros de teflon, o que, além de reduzir a resistência do movimento, influi na redução de aderência de contaminações. Isso é especialmente importante em baixas temperaturas do entorno, nas quais ocorre a assim chamada colagem de injetores pela contaminação acumulada, solidificando-se em tais condições.

Adicionalmente, foi introduzida a seleção de dimensões de pistões e cilindros dos injetores. Isso aumenta a precisão da cooperação de ambos os elementos e, portanto, a precisão de dosagem do GNV.

Os tempos curtos de abertura e fechamento foram atingidos através da utilização de bobinas eletromagnéticas muito potentes que, por meio de pistões, conduzem o fluxo do combustível dos injetores. Bobinas potentes podem também vencer a resistência decorrente do fenômeno mencionado da colagem de injetores no inverno.

As bobinas produzem potências tão altas que são capazes de levantar os pistões até na pressão de alimentação de 6 bar.

Potências altas geradas pelas bobinas requerem um arrefecimento eficiente. Daí vem o aspecto característico dos injetores STAG AC W01, STAG AC W02 e  STAG AC W03 com bobinas visivelmente seladas. A utilização de tecnologia que causa um resfriamento rápido das bobinas. Assim, aumenta-se a estabilidade dos parâmetros dos injetores que estão sendo mantidos numa ampla gama de temperaturas externas.

Os injetores STAG AC W01, STAG AC W02 e STAG AC W03 são também juntados de forma ponderada, o que permite obter várias posições de instalação. Entre elas, é fácil escolher a adequada para as condições no compartimento do motor do carro concreto.

Também os sensores de pressão e temperatura do gás PS04 elaborado para os injetores STAG AC W02 e STAG AC W03 são novos.

A inércia da leitura da temperatura do gás foi limitada ao máximo no sensor. Adicionalmente, pode ser instalada de formas variadas, também diretamente na régua de injetores STAG AC W02. Graças àquela posição de montagem, o sensor mede a temperatura e a pressão do gás distribuído nos canais de entrada do motor. Assim, os parâmetros do gás imprescindíveis para definir a dose do GLP são extremamente próximos aos reais. Isso melhora de forma significativa a precisão de dosagem do autogás.

Os injetores mais novos da AC S.A. são também desmontáveis. Graças a isso, depois de uma utilização significativa, é possível limpá-los da contaminação acumulada. Depois de remontados, não precisam ser regulados de novo.

Os injetores STAG AC W01, STAG AC W02 e STAG AC W03 são cobertos por uma garantia de 1 ano, e a sua durabilidade é de 100 mil km (se o carro for utilizado na cidade) e 200 mil km (no uso fora da cidade).